sábado, setembro 4

life ;


               O meu sentido de vida é conseguir ajudar as pessoas, as pessoas que se encontram na mesma situação que eu estou. Sinto-me bem em ajudar, em trazer as pessoas á razão, a si próprias, ou mesmo ajudar a perceber situação onde se meteram ou querem sair… Ajudar sempre, é isso que quero.
    Não posso dizer que seja uma pessoa muito negativa, pois nunca fui. Admito que já fui uma pessoa bastante alegre, que levava tudo com um sorriso e superava as dificuldades e seguia em frente rapidamente, mas agora algo mudou, sinto-me mais fraca, sinto que me tornei noutra pessoa, mas que por fora permanece igual, mas por dentro, psicologicamente mudou, para uma pessoa mais sentimentalista e um pouco negativa. A razão? Não a sei ao certo, apenas posso calcular qual seja, e essa parece-me uma razão estúpida mas que quando aconteceu, mudou muita coisa. A culpa foi minha, porque criei aquela razão, mas na altura estava feliz, nunca pensei que me viesse a fazer mal. Agora, escrevo isto, escrevo para me tentar sentir melhor, como sempre, mas parece que sinto sempre um aperto, e, cada vês que escrevo, sinto que há sempre mais para escrever, que nunca acabo… Mas sei que não posso fazer um texto enorme que conte todos os meus problemas, é impossível, mas sei que posso ir escrevendo textos a explicar o que sinto e o que me perturba, que acaba sempre por melhorar a minha consciência. Agora que passaram quase 4 meses, começo a sentir-me melhor, aos poucos, começo a voltar a mim, a confiar mais em mim. Tudo começou nesta semana… Comecei a rir muito, a pensar positivo e a arriscar, enfim… Sinto-me a voltar, apenas desejo que não seja uma ilusão, e que perdure.

2 comentários:

  1. Vaii Perdurar! Agente sempre sobrevive..E eu tb vou te ajudar..Sempre, minha Pequena!

    ResponderEliminar